Alimentos Alcalinos

O consumo de alimentos alcalinos ajudam a equilibrar o PH do sangue, desintoxicar o organismo e evitar diversas doenças, inclusive o câncer.

Lista com 65 Alimentos Alcalinos para incluir na sua dieta.

1- Brócolis

Por si só, o brócolis já é um alimento super saudável e fácil de ser reconhecido como um alimento alcalino. Ele é um vegetal tão completo e cheio de benefícios que você simplesmente precisa fazer um esforço para inclui-lo em seu cardápio. Algumas pessoas comem o brócolis todos os dias, como uma forma de manter uma boa saúde e ter certeza de que estão com o corpo alcalino mas, para os que não são muito fãs do vegetal, comê-lo 3 ou 4 vezes por semana nas refeições já é uma bom começo.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 135%
Vitamina A 11%
Cálcio 4%

2- Rúcula

Aqui vai uma das folhas que mais vale a pena conhecer, pois é um vegetal alcalino e está presente regularmente em planos de dietas e desintoxicações. Apesar de sempre atribuirmos uma boa fonte de cálcio aos produtos laticínios, a rúcula possui uma grande quantidade de cálcio e vitamina A, excelentes para o corpo e um complemento diário que garante que você esteja ingerindo todos os nutrientes de que o seu corpo precisa.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Cálcio 16%
Vitamina A 47%
Ferro 8%

3- Couve

Se você está pensando em ter uma alimentação cheia de benefícios então certamente terá que adicionar a couve na lista de compras. Muitas vezes substituído pelo espinafre ou outras folhas verdes, a couve vem para tirar todos eles de campo quando se trata de sua variedade de vitaminas e minerais. Entre eles, você encontra uma grande quantidade de vitamina A, C e cálcio, além de combater o câncer e possuir fibras. Considere a couve em seu próximo prato!

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina A 206%
Vitamina C 134%
Cálcio 9%

4- Espinafre

Aqui está um poderoso alcalino que você já deve estar muito familiarizado. O espinafre é, provavelmente, a folha mais famosa por seus benefícios à saúde e realmente não importa de que forma você irá comê-lo, o que realmente importa é saber que ele estará ajudando o seu corpo a ficar alcalino. Uma das melhores formas de incluir o espinafre na alimentação é refogando e misturando com a salada. Uma vez que fizer isso, nunca mais vai querer ficar sem esse poderoso alcalino em sua refeição.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 14%
Vitamina A 56%
Ferro 4%

5- Amêndoas e Leite de Amêndoa

Amêndoas estão constantemente na lista dos alimentos mais saudáveis ​​para se comer, por isso, não é de se admirar que elas também sejam um alimento alcalino. Também são ligadas ao aumento de ganho muscular, diminuição dos níveis de colesterol, e são capazes de ajudar na perda de gordura. Você não precisa comer um monte de amêndoas para poder desfrutar de seus benefícios, mas ao incluí-las em um lanche no meio da tarde, por exemplo, já estará dando um grande passo, além de ajudar durante as refeições.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Cálcio 27%
Ferro 25%
Proteína 44%

6- Alcachofras

Alcachofras são muitas vezes vistas apenas como complemento em um prato, mas existem uma série de razões pelas quais você pode torna-las mais presentes em sua dieta. Um desses motivos é a sua alcalinidade, ajudando a elevar os níveis de pH do seu corpo. Elas também são cheias de antioxidantes, ajudando a purificar o fígado e ajudando na digestão. Então, na próxima vez que estiver pensando no que misturar junto com sua salada de folhas, considere a alcachofra como uma ótima idéia.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 20%
Vitamina K 12%
Folatos 17%

7- Aspargos

Os aspargos são um dos alimentos mais fortes que você pode comer em termos de alcalinidade para o corpo. Se considerarmos que cada alimento é classificado de acordo com o quão alcalino é, temos nos aspargos um alimento bom de briga. Mas ele traz muito mais que isso para a mesa, incluindo antioxidantes, nutrientes e muitas qualidades desintoxicantes. Além disso, também foi observado que os aspargos possuem benefícios anti-envelhecimento, que é razão suficiente para a maioria das pessoas começarem a adicionar esse vegetal em seu menu.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 15%
Vitamina C 9%
Ferro 12%

8- Abacate e Óleo de Abacate

Não é nenhuma surpresa que o abacate está em nossa lista de alimentos alcalinos. Ele é considerado como um super alimento, então você também pode presumir que ele seja uma verdadeira bomba nutricional. Os abacates são ricos em potássio, bem como são uma fonte de gordura saudável, portanto, além de ajudá-lo a ser mais alcalino, você está levando para seu corpo outras vantagens na bagagem. Você também pode usar o óleo de abacate no lugar de outros óleos que além de não oferecem qualquer benefício alcalino, estão tornando seu corpo mais ácido.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 17%
Vitamina A 3%
Fibra 27%

9- Manjericão

Algumas pessoas pensam que os temperos e especiarias que colocam em sua alimentação não influenciam diretamente em se o seu corpo está ácido ou alcalino, porém, é bom saber que também existem temperos bons e ruins para seus níveis de pH. Sendo assim, o manjericão passa a ser um dos que ajuda a manter o corpo alcalino, fora muitos outros benefícios que ele contém, como os flavonóides. Eles ajudam o corpo a curar e o manjericão, em geral, pode ajudar várias áreas diferentes do corpo.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 175%
Vitamina K 345%
Cálcio 18%

10- Beterraba

A beterraba é outro alimento que merece bastante atenção e que vai agir para ajudar a aumentar seus níveis de pH. Uma boa razão para incluir este vegetal em seu cardápio é ele ser uma das poucas fontes de fitonutrientes que podem ter propriedades anti-câncer. Coloque a beterraba ralada como um agregado da salada de forma crua ou cozida. Certifique-se de comprar a boa e velha beterraba natural, ao invés das variedades em conserva, pois estas possuem um valor nutricional reduzido.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 8%
Vitamina K 11%
Folato 75%

11- Abobrinha

Este é um vegetal fácil de achar na maioria dos supermercados, o que torna mais fácil para começar a integrá-lo no dia-a-dia, ajudando seu corpo a ficar mais alcalino. Existem muitas receitas diferentes com abobrinha que ficam deliciosas, mas somente assa-las e comer já é uma ótima forma de obter vários benefícios deste vegetal. Outras características são de que ela pode ajudar a reduzir níveis de colesterol e para os homens, tem sido conhecido por ser bom para a prevenção do câncer de próstata.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 35%
Vitamina A 5%
Ferro 2%

12- Cenouras

As cenouras são boas para os olhos, mas fora isso elas também são um ótimo alimento alcalino. Isso faz com que as cenouras sejam duplamente boas para se comer, além de serem saborosas cruas ou cozidas no vapor, sendo também muito fáceis de mastigar. Além do benefício para os olhos, as cenouras também possuem muitas vitaminas, fibras e potássio, tornando-se um vegetal muito completo. Então faça como Pernalonga e tenha certeza de adicionar uma cenoura de vez em quando em seu prato.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 336%
Vitamina C 10%
Cálcio 3%

13- Couve-Flor

A couve-flor é da mesma família de vegetais como brócolis e da couve de bruxelas, e compartilha muitas das mesmas características saudáveis​​, inclusive ser um alimento alcalino. Ela tem uma boa quantidade de fibras e é uma grande fonte de vitamina C. É também muito fácil de preparar, mas para manter o máximo possível de sua natureza alcalina, o ideal é comê-la crua em saladas ou cozinhá-la até que esteja macia e fácil de mastigar.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 77%
Cálcio 2%
Ferro 2%

14- Coentro

Aqui está mais uma fantástica maneira de adicionar grandes quantidades de sabor ao seu prato e, ao mesmo tempo, ajudar seu corpo a se tornar ou continuar alcalino. É difícil imaginar que um pouco desse cara aqui pode fazer a diferença, mas além do sabor, o coentro pode ajudar com o colesterol, anemia e a digestão. É muito fácil de usar o coentro na cozinha e você pode até mesmo cultiva-lo em um pequeno jardim em casa, para colher organicamente. Não há necessidade de comer grandes quantidades, uma vez que combina bem com outros alimentos encontrados neste post.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 1%
Cálcio 1%
Ferro 2%

15- Cebolinha

Atenção! É hora de aumentar sua ingestão de cebolinha e começar a procurar por ela no supermercado. Ela pode ajudar muito seu corpo a ficar alcalino, além de deixar um ótimo aroma na salada, além de conseguir usa-lo em inúmeros outros pratos saudáveis. Uma boa maneira é testar com batatas novas, que também estão aqui nesta lista de alcalinos e lhe trarão benefícios extras.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 3%
Vitamina C 3%

16- Repolho

Se você não gosta do sabor do repolho, tente pensar nele com uma mente aberta a partir de agora, pois pode ser que você apenas não tenha encontrado a receita ideal ainda. O repolho é um vegetal fácil de cozinhar e pode ser ingerido cru, no meio da salada, mas a lista aqui neste post é grande então, se mesmo assim não gostar, não coma. Em relação às propriedades alcalinas, o repolho tem se mostrado muito eficaz na prevenção e redução de alguns cânceres. Além de ter um alto teor de fibras e baixas calorias.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 54%
Vitamina A 3%
Cálcio 5%

17- Berinjela

A berinjela é um vegetal versátil para adicionar ao seu carrinho de compras todas as vezes que for atrás de vegetais no supermercado. Ela fornece um efeito alcalino ao corpo e é outro alimento que você pode comer o quanto quiser. Elas são baixas em calorias, e vão ajudá-lo a saciar a fome e sentir-se satisfeito, além de equilibrar os alimentos ácidos que comemos todos os dias. Podemos encontrar dezenas de receitas contendo beringelas pois é uma das hortaliças mais populares e abundantes que existem.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 3%
Cálcio 1%
Ferro 1%

18- Aipo

Você tem que amar o aipo, mesmo que você não necessariamente adore o seu sabor. Além de ser um alimento alcalino também é muito baixo em calorias, e pode ajudar o corpo em uma série de benefícios diferentes. Se você não gosta de cortá-lo e acabar com uns fios presos no dente, tente bater no liquidificador com outros alimentos, fazendo um suco verde. Também pode ficar bom em um suco de frutas, deixando um pouco de seu gosto, mas sem alterar os sabores das frutas.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 4%
Vitamina C 2%
Cálcio 2%

19- Pepino

Aqui está um alimento que você vai querer ter um estoque em sua geladeira. É alcalino e contém tanta água que é um vegetal extremamente hidratante. Deixe com as cascas na hora de comer, para absorver melhor os benefícios, mas se você acha que isso é demais, uma outra maneira é deixar algumas tiras da casca por cima da salada. Isso não só vai deixar seu prato mais bonito, como também mais saudável pra você.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 2%
Vitamina A 1%
Cálcio 1%

20- Alho

O alho tem sido conhecido por ser um alimento de limpeza, que pode adicionar sabor a uma refeição, mas também ajuda se você está tentando seguir uma dieta alcalina. É uma grande ajuda no combate ao câncer e também ajuda a reduzir a pressão arterial. Ele também ajuda a desintoxicar o corpo, assim você estará ingerindo muito mais benefícios apenas adicionando mais alho à sua alimentação. Tente grelhar alguns legumes alcalinos com um par de dentes de alho! 😀

Principais estatísticas (por dente):
Vitamina C 2%

21- Alho-poró

O Alho-poró é freqüentemente usado ​​em sopas e outras receitas, porque adiciona um pouco de sabor picante, sem ser além da conta. Você deve considerar o uso de alho-poró com mais freqüência, porque ele é um alimento alcalino e também carrega uma mistura agradável de valores nutricionais. É classificado como um vegetal altamente rico em vitamina C e isso te ajudará a impulsionar o sistema imunológico, deixando seu corpo mais saudável. Embora não seja normalmente consumido sozinho, você pode cozinhá-lo e misturá-lo com outros legumes que estão nesse post e obter um bom nível de pH.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina A 30%
Vitamina C 18%
Ferro 10%

22- Cebola

As cebolas são um alimento alcalino que você já pode começar a comer regularmente. Você só tem que ter certeza de que você está comendo em conjunto com outros alimentos alcalinizantes e não usando como cobertura para hambúrgueres e cachorros-quentes. Refogue-os em azeite e você vai aumentar a alcalinidade, mas cuidado para não queimar. As cebolas são usadas como coringa em muitas receitas, só não se esqueça de usar cebolas frescas para que você possa tirar o máximo de proveito delas.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 17%
Cálcio 4%
Ferro 2%

23- Salsa

Aqui está outra maneira de adicionar cor à apresentação do seu prato e também ajudar seu corpo a se manter alcalino. Esta pequena erva verde é normalmente encontrada junto às carnes, mas você vai querer começar a usá-la para enfeitar suas saladas também. Uma dica: coloque um pouco de salsa em seu suco verde e você vai acabar com um sabor mais fresco e com mais vitaminas e minerais do que antes. A melhor coisa é que você pode cultivar seu próprio pé de salsa com muita facilidade e ter sempre um pouco dessa planta fresca e orgânica ao seu alcance.

Principais estatísticas (por colher de sopa):
Vitamina C 8%
Vitamina A 6%
Ferro 1%

24- Gengibre

O gengibre é uma raiz que está se tornando mais popular com mais pessoas percebendo todos os seus benefícios para a saúde. O gengibre é um superalimento e tem muitas propriedades de desintoxicação. É também um alimento alcalino, por isso é algo que você pode adicionar a uma refeição. Na internet, você consegue encontrar diversas receitas deliciosas que possuem o gengibre como ingrediente.

Principais estatísticas (por colher de chá):
Potássio 8mg

25- Lentilhas

As lentilhas são um alimento, muitas vezes, esquecido mas que estão ganhando mais notoriedade nos últimos anos. Além de serem digeridas lentamente pelo organismo e terem uma boa quantidade de fibras, também são um alimento alcalino, e possuem uma série de vitaminas e minerais que podem ser adicionados à sua alimentação. Você vai obter o máximo de seus benefícios cozinhando-as casa ao invés de comprá-las prontas em uma lata. Basta fervê-las até que estejam ao dente.

Principais estatísticas (por xícara):
Ferro 80%
Vitamina C 14%
Cálcio 11%

26- Rabanete

Você simplesmente não pode se dar mau com os rabanetes, pois já foi provado que eles ajudam a combater o câncer, melhoram sua digestão e previnem de doenças cardíacas. Eles têm um efeito desintoxicante sobre o corpo e podem ajudar a regular a pressão arterial e os níveis de glicose no sangue. Acrescente a isso o fato de que eles ajudam a manter seu corpo alcalino. A única coisa que pode fazer você desistir deles é o gosto, mas existem muitas maneiras de cozinhá-los, uma delas é adicionando ervas alcalinas para dar gosto.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 29%
Cálcio 3%
Ferro 2%

27- Alface

Muitos dizem que o alface é desprovido de qualquer valor nutricional mas, ainda assim, é capaz de produz um efeito alcalino no corpo, por isso não é completamente inútil. Você pode escolher o alface e as outras variedades dele que também são alcalinos, e deixar sua alimentação com mais nutrientes. Mas a ideia básica aqui é que, se você está comendo uma alface de qualquer tipo, você está recebendo fitonutrientes que ajudam seu corpo a obter ou ficar alcalino na escala de pH.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 2%
Cálcio 1%
Ferro 1%

28- Couves de Bruxelas

Talvez você tenha deixado a couve de bruxelas de lado depois que cresceu ou talvez nunca tenha comido, mas é hora de superar isso e aprender a gostar desses vegetais saudáveis. Foi provado que ele é capaz de ajudar o corpo a quebrar os ácidos formados por outros alimentos, o que aumenta os níveis de pH e ajuda a obter ou manter um estado alcalino no corpo. Além disso, eles também vêm com vitaminas, minerais e fibras no pacote, por isso, eles tornam o prato em uma grande refeição. É melhor quando comprados frescos para cozinhá-los em casa.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 142%
Vitamina A 15%
Ferro 8%

29- Coco

O coco é um alimento tão natural que não é nenhuma surpresa que muito do que está dentro dele seja bom para você. Os benefícios do leite de coco, suco e polpa do coco estão super comprovados, e agora você pode adicionar alcalinidade à sua lista de recursos também. Às vezes, é difícil pensar em maneiras de adicionar mais coco em sua vida, já que você deve evitar as lascas de coco embaladas utilizadas em alguns pratos. Para obter o máximo possível dos benefícios do coco, opte por ficar com coisas como óleo de coco e a polpa do coco fresca.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Ferro 11%
Vitamina C 4%
Cálcio 1%

30- Limões

Este é um item surpreendente na nossa lista porque sua boca deve estar se enrugando só de ler a palavra de limão. É tão azedo e tem um gosto tão ácido que muitos acreditam que isso deve ser um alimento ácido para o corpo. Pelo contrário, ele proporciona uma situação alcalina ao corpo, e possui um teor muito baixo de açúcar, o que vai evitar sua tentação de comer doces. Tem também um efeito de limpeza sobre o sistema digestivo, bem como uma boa dose de vitamina C, o que o torna bom para se usar mais a cada dia.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 51%
Cálcio 2%
Ferro 2%

31- Lima

Assim como o seu colega limão, a lima muitas vezes também é considerada como sendo formadora de ácido, por conta de seu sabor forte e suco ácido cítrico. Mas elas elevam o nível de pH quando consumidos, por isso é uma boa idéia começar a espremer a lima por cima de seus alimentos ou adicionando algumas fatias em um copo de água. Pode ser difícil comer a lima da mesma forma que comemos uma laranja, por isso é melhor usá-la como ingrediente em outros pratos ou adicionar o gosto de limão em algumas receitas.

Principais estatísticas (por lima):
Vitamina C 32%
Cálcio 2%
Ferro 2%

32- Hortelã

A hortelã fresca é uma ótima maneira de adicionar um sabor distinto ao prato, trazendo consigo alguns benefícios nutricionais e ganhando um espaço em nossa lista de alimentos alcalinos. Quando você observar as diferentes ervas e especiarias que você pode usar em seu dia-a-dia, escolha aquelas que contribuem para deixar seu corpo alcalino ao invés das formadoras de ácido. Tente adicionar uma ou duas folhas de hortelã à um suco verde, para obter um aroma especial e sabor fresco, que ainda deixa a respiração melhor depois.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 3%
Vitamina C 2%
Cálcio 1%

33- Feijão

Os feijões são uma rica fonte de ferro e é por isso que eles são populares entre os vegetarianos e veganos. No pacote, os feijões ainda trazem uma boa quantidade de vitamina C, garantindo mais da metade do que você precisa para o dia, sem ter que comer frutas cítricas como laranjas. Outro benefício legal é que eles são alcalinizantes e agem combatendo outros alimentos ácidos e ajudando o corpo a se manter na coluna alcalina.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 61%
Ferro 27%
Cálcio 5%

34- Feijão branco

O feijão branco e outros grãos brancos fazem parte desta a lista porque são muito bem utilizados pelo corpo e estão no lado alcalino da balança. Eles têm uma quantidade impressionante de ferro, contêm uma boa quantidade de fibras e são um alimento de baixo índice glicêmico, ajudando a evitar picos em seus níveis de glicose no sangue. Eles também são um alimento muito versátil, aparecendo em diversas receitas como alimentos principais ou misturados com outros ingredientes em pratos vegetarianos, por exemplo.

Principais estatísticas (por xícara):
Ferro 117%
Cálcio 48%
Proteína 47%

35- Feijões Vermelho

Mesmo os diferentes tipos de feijões vermelhos são considerados alcalinos e merecem um lugar no seu prato. Além disso, eles também são um alimento saudável bem simples, não importa o que você esteja tentando alcançar. Eles vão aumentar seus níveis de ferro, possuem uma boa quantidade de cálcio, e são uma fonte surpreendente de vitamina C. Acrescente a isso os seus níveis de fibra para ajudar na digestão e sua ajuda nos esforços de perda de peso.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 14%
Cálcio 15%
Ferro 68%

36- Feijão-da-China

O feijão-da-china têm sido associado à redução do colesterol, combatente contra certos tipos de câncer e de ajuda para prevenir ou controlar a diabetes. Eles também são um alimento que ajudam seu organismo a ficar alcalino e podem se transformar em uma base diária para se montar uma refeição alcalina. Eles também são uma boa fonte de vitamina C, antioxidantes, e têm se mostrados muito bons para ajudar a reforçar o sistema imunológico. Os vegetarianos podem usá-los como uma fonte natural de ferro.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 23%
Ferro 5%
Cálcio 1%

37- Brotos

É difícil fazer um prato apenas com brotos e muito menos uma refeição completa, mas eles são um grande acompanhamento para outros vegetais. Você não pode deixar de lado sua capacidade alcalinizante, bem como os nutrientes, enzimas e proteínas que contêm. Uma boa característica é a sua disponibilidade, normalmente encontrados na maioria dos supermercados. Não se esqueça de colocar um pacote no carrinho na próxima vez que estiver fazendo compras.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 10%
Cálcio 1%
Ferro 3%

38- Endívia

A endívia normalmente é citada apenas como mais uma folha verde, mas o fato de possui um alto teor alcalinizante faz com que ela ganhe alguns créditos extras. Ela pode ser um pouco amarga para algumas pessoas, enquanto para outras é um bom alimento para despistar os habituais alface e espinafre. Não importa como você coma, seja na salada ou batida em um suco verde, apenas saiba que estará fazendo um favor ao seu corpo quando ingeri-la.

Principais estatísticas (por 100g):
Vitamina A 11%
Vitamina C 3%
Cálcio 1%

39- Sementes de Gergelim

A principal coisa que você deve estar atento aqui é que não vale dizer que está consumindo gergelim se estiver contando apenas o gergelim que vem por cima do pão de hambúrguer. Eles não são tão alcalinizantes a ponto de compensar o bolo de alimentos formadores de ácidos que você estará ingerindo ao mesmo tempo. Mas se você polvilhar um poucos deles por cima de uma salada de legumes alcalinos ou jogar um pouco no liquidificador enquanto estiver preparando um suco verde, aí então estará potencializando o efeito alcalino em seu corpo, além de adicionar vários benefícios. Basta olhar para a quantidade de ferro esses carinhas possuem, assim como serem uma grande fonte de proteína mesmo vindo de uma pequena semente.

Principais estatísticas (por xícara):
Ferro 65%
Cálcio 20%
Proteína 25g

40- Vagens

As vagens verdes são uma das hortaliças mais populares e normalmente estão presentes como acompanhamentos em pratos de muitas pessoas. E isso é ótimo pois elas são um alimento alcalino que também possui uma boa lista de outros benefícios, incluindo a de serem ricas em fibras, vitamina C e potássio. Você também estará consumindo um pouco de ferro e cálcio ao ingeri-las. São fáceis de cozinhas e existem muitas receitas que utilizam a vagem como ingrediente, sendo mais um dos motivos para ter essa hortaliças em sua alimentação.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 30%
Ferro 6%
Cálcio 4%

41- Agrião

Aqui está outra folha verde que pode te ajudar a manter seu corpo alcalino. Como bônus, o agrião ainda é cheio de muitas outras vitaminas que você estará recebendo, garantindo uma ampla cobertura de suas necessidades nutricionais. Ele tem seu próprio sabor distinto, fazendo como que você preferira uns de seus primos, mas leve em conta que ele está classificado bem alto na escala em relação ao efeito alcalino que ele causa ao corpo. O agrião também foi comprovado como um reparador de danos ao DNA, que pode ser de grande ajuda na prevenção e reversão do câncer.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina A 32%
Vitamina C 24%
Cálcio 4%

42- Quiabo

Se fala muito do quiabo quando montamos um círculo de alimentos saudáveis​​ e, com a sua mistura única de vitaminas e minerais, é fácil perceber o porquê. Também está incluído na família de alimentos que são alcalinos e, basicamente, você pode comê-lo quando quiser pois só estará ajudando seu corpo a ficar mais alcalino. Talvez demore um pouco para que você saiba como prepara-lo, mas vale a pena para que você utilize de seus benefícios.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 35%
Vitamina A 8%
Cálcio 8%

43- Abóbora

Cada variedade diferente de abóbora tem a sua própria combinação única de nutrientes e benefícios para a saúde, mas uma coisa todos elas têm em comum é que contribuem para o estado alcalino do seu corpo. Elas servem de acompanhamentos fantásticos, e há muitas receitas vegetarianas que podem mostrar-lhe como transformar abóbora em sua refeição principal, acompanhada de outros legumes desta lista como secundários em um prato. A quantidade de vitamina A vai além do que poderíamos imaginar, além da excelente quantidade de vitamina C que possui.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina A 298%
Vitamina C 49%
Cálcio 7%

44- Abóbora Moranga

É hora de quebrar a abóbora e ir além das festas de Halloween e tortas de abóbora nas férias. Este é um vegetal que você pode preparar durante todo o ano e colher seus benefícios de saúde, incluindo a sua natureza alcalina. O melhor é que as sementes também podem ser utilizadas como um lanche, porque também são alcalinas. Se você precisa de mais alguma argumento que te convença a comer mais abóbora, basta olhar para a incrível quantidade de vitamina A que ela possui.

Principais estatísticas (por xícara/abóbora):
Vitamina A 171%
Vitamina C 17%
Ferro 2%

45- Batata Doce

Muitas pessoas erroneamente acreditam que os alimentos ricos em amido estão formando ácidos em seu corpo, e é por isso que elas são surpreendidas ao encontrar batata doce e batatas novas nesta lista. Mas um alimento ser ácido ou alcalino é determinado pela forma como o corpo divide-os depois de consumido e, neste caso, a batata doce é alcalina. Você também terá outros benefícios vindos da batata-doce, além do sabor bom, possui uma boa quantidade de fibras e uma boa dose de vitamina A, sendo um poderoso antioxidante.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 369%
Vitamina C 5%
Cálcio 4%
Ferro 4%

46- Batatas Novas

Se você não está acostumado a comprar batatas novas, a dica é apenas ficar um pouco mais atento às descrições das batatas. Eles podem custar um pouco mais do que as batatas regulares, mas vale a pena para os benefícios alcalinos. Significa apenas que elas são colhidas prematuramente. Além de ter um sabor melhor, eles também mantêm seu corpo alcalino e o ajuda a chegar neste estado por não ser um alimento formador de ácidos. Experimente-os e você verá o quão deliciosa uma comida alcalina pode ser. Adicione cebolinha por cima, para ainda mais alcalinidade.

Principais estatísticas (a cada 300g):
Vitamina C 63%
Ferro 12%
Cálcio 3%

47- Acelga

Aqui está uma de folha verde que ficou fora do nosso radar por um longo tempo, mas que também é alcalinizante. Talvez você tenha comida a acelga por acaso em um mix de verduras em alguma salada restaurante, ou talvez você já tenha experimentado antes em casa. Tem um sabor amargo característico, que não pode ser atraente a primeira vista, mas que você pode gostar depois de comê-lo algumas vezes. Na hora de misturar na salada, pode combinar muito bem com espinafre ou couve.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina C 18%
Ferro 4%
Cálcio 2%

48- Quinoa

Quinoa está ficando mais e mais mainstream atenção como um dos alimentos mais saudáveis ​​que você provavelmente não está comendo. A razão é que é tão versátil e fácil de usar, e tem mais vitaminas e minerais do que muitos outros grãos lá fora. É uma semente, e é livre de glúten. Não é alcalina em excesso, mas o suficiente para que você não está dando um passo para trás em direção a acidez, mas sim dando um pequeno passo em direção a alcalinidade. Informar-se sobre quinoa e encontrar as suas receitas favoritas.

Principais estatísticas (por xícara):
Ferro 87%
Cálcio 10%
Proteína 22g

49- Ervilhas

As ervilhas são um contendor superior para o prato do ano, e por isso é ótimo que eles são um alimento alcalino. Peas costumam realizar sua própria e não precisa de nada especial adicionados a eles. Basta tentar adiar a manteiga, o que só irá adicionar um alimento ácido à mistura. Se você nunca tentou comer ervilhas sem manteiga, dar-lhe uma tentativa. Eles são deliciosos o suficiente, por si mesmos, e você vai ser cortar na gordura e calorias também.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 97%
Vitamina A 22%
Ferro 12%

50- Grãos de Soja

Você já se perguntou por que a soja é pensado para ser tão saudável? Uma razão é que eles são um alimento alcalinizantes. Eles também sido grande nos círculos vegetarianas por algum tempo, porque eles são uma fonte não carne de ferro. Eles também fornecem uma fonte não lácteos de cálcio, por isso eles são algo que você precisa basicamente de adicionar à sua dieta, se você está pensando em cortar na carne e cortar de laticínios para ficar alcalino.

Principais estatísticas (por xícara):
Vitamina C 19%
Cálcio 52%
Ferro 162%

51- Tomilho

Tomilho é um tempero maravilhoso para usar em sua cozinha, pois é alcalina formando, e também tem a sua própria lista de benefícios adicionais que ele oferece. Em algumas culturas, este é o principal tempero usado em muitos pratos diferentes. Um dos benefícios inclui ajudar com o sistema respiratório. Também está se tornando entendido que este é um superspice, com antioxidantes próprio, e abundância de nutrientes em uma pequena erva tal.

Principais estatísticas (por colher de chá):
Vitamina C 2%
Vitamina A 1%
Ferro 1%

52- Tofu

Os vegetarianos têm vindo a utilizar tofu como substituto da carne por anos e anos, e como acontece que eles podem ter sido inadvertidamente ajudar seu corpo na criação de um estado alcalino. Isto pode explicar os benefícios de saúde documentados de seguir um estilo de vida vegetariano, porque parte desta implica a substituição de ácido formando carnes com alcalino formando alimentos como tofu e legumes. Você não tem que ir totalmente vegetariano para obter os mesmos benefícios, como a maioria das dietas alcalinas permitir a alguns alimentos ácidos para serem comidos diariamente.

Principais estatísticas (por fatia):
Cálcio 3%
Ferro 5%
Proteína 5g

53- Tomate

O que não pode tomates fazer? Eles têm abundância de licopeno em si, bem como antioxidantes, e eles têm sido mostrados para ajudar o coração e ajudam-nos a viver vidas longas e felizes. Além de que é um alcalino formando alimentos. Apenas mais um motivo para começar a comer mais tomates. Mesmo que você pode pensar de um tomate como sendo ácida, pois podem desencadear os mesmos paladar azedo como um limão, não é formando ácido, e em vez disso, na verdade, ajuda a elevar o pH geral do seu corpo.

Principais estatísticas (tomate médio):
Vitamina C 26%
Cálcio 1%
Ferro 2%

54- Azeite

Todos nós já ouvimos que o azeite é um dos óleos mais saudáveis ​​para consumir, e pode adicionar a pena alcalina a sua tampa. Este é um óleo que pode chuviscar sobre uma salada de preferência uma salada feita com o maior número de vegetais alcalinos como você pode ou usar em sua cozinha para adicionar benefícios adicionais de saúde. É ótimo para perda de peso, e pode agir para desintoxicação do corpo. Adicionar a um smoothie verde para a espessura adicionada e consistência. É um excelente óleo para ter na mão para que você possa usá-lo sempre que puder.

Principais estatísticas (por colher de sopa):
Gordura monoinsaturada 1.4g
Gordura poliinsaturada 9.8g

55- Pimentas

Não importa a cor, você estará ajudando a si mesmo ficar alcalino. Ambos os vermelhos, amarelos e verdes pimentas cada manter seus níveis de pH acima. Eles também são muito fáceis de cozinhar, e gosto muito fresco. Se você acabar de cozinhar eles, frite-se muito bem com a cebola eo alho, em apenas um pouco de azeite. Como muitos dos alimentos nesta lista têm múltiplos benefícios, sendo uma grande fonte de vitamina C, e também uma fonte razoável de vitamina A.

Principais estatísticas (por xícara, verde):
Vitamina C 200%
Vitamina A 11%
Ferro 3%

56- Mostarda

As folhas verdes são abundantes em nossa lista de alimentos alcalinos, mas você nunca pode ter tentado mostarda antes. Você realmente deveria, como a pesquisa mostra que eles têm abundância de antioxidantes e têm propriedades anti-câncer. Eles também ajudam a desintoxicar o corpo e ajudam a manter um coração saudável. A fibra que contêm é um bônus adicional, o que pode ajudar estimular a perda de peso que você mantém globalmente mais saudável.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Vitamina A 118%
Vitamina C 65%
Ferro 5%

57- Chia

Você não pode pensar que essas pequenas sementes podem embalar um perfurador tal nutricional, ou ter qualquer efeito sobre os níveis de pH do seu corpo, mas verifica-se que eles ajudam com a sua alcalinidade. A coisa boa sobre eles é que você pode polvilhar-los em praticamente qualquer coisa. Pense em fazer uma sopa de os vegetais na lista, e em seguida, polvilhando em algumas sementes de chia para uma boa medida. Ou adicioná-los a um smoothie para ajudar a inclinar para o lado alcalino. Seja criativo!

Principais estatísticas (a cada 100g):
Ferro 20%
Cálcio 20%
Vitamina A 10%

58- Cominho

Cominho é um desses temperos que você quer ter em sua casa, ou não, dependendo do tipo de alimento que você está acostumado a cozinhar. Se você já usa, muitas vezes, apenas mantê-lo, mas se você não está muito familiarizado com ele, é hora de adicioná-lo ao seu carrinho na próxima vez que você está fazendo compras. É um tempero que pode realmente ajudar seu corpo a neutralizar os alimentos ácidos que você come, o que significa que ele vai ter um efeito duplicação quando usado em conjunto com legumes e outros alimentos alcalinos.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Ferro 8%
Cálcio 2%
Vitamina A 1%

59- Sementes de Girassol

Quando você come sementes de girassol, certifique-se que você não está recebendo os que são seco torrado e têm uma grande quantidade de sal adicionado. Dessa forma, você está recebendo os benefícios deste alimento naturalmente alcalinos, sem os aditivos que podem levar a maiores níveis de sódio e os níveis elevados de gordura. Eles podem ser uma fonte de gorduras saudáveis​​, e também fornecem proteína e ferro, que é essencial se você está pensando em cortar nas carnes formadores de ácidos.

Principais estatísticas (por porção):
Vitamina C 1%
Ferro 11%
Proteína 6g

60- Toranja

Este aqui é um alimento estrela que vem aparecendo em todos os lugares. É um superalimento que ajuda a perder peso, aumentando o seu metabolismo, e ele foi mesmo apelidado como um dos alimentos mais saudáveis ​​do planeta. Então, o que mais pode este prodígio fazer? Acontece que ele também é alcalino. Seu baixo teor de açúcar torna esta uma fruta que você pode comer a vontade, mesmo com o gosto azedo e ácido, que tem um efeito alcalinizante no corpo, uma vez consumido.

Principais estatísticas (a cada metade):
Vitamina C 73%
Cálcio 2%
Ferro 1%

61- Romã

Você já deve ter ouvido falar sobre as últimas tendências em beber suco de romã e, como se vê, esta é uma fruta que você pode desfrutar sem se preocupar se ela é formadora de ácidos ou não. A quantidade de potássio que ela contém é muito grande, e é também uma boa fonte de vitamina C. É ótima para fazer um bom suco ou como lanche da tarde, se estiver fora de casa. Se você for beber o suco só da fruta, tenha certeza de não ter nenhuma adição de açúcar, pois a alcalinidade pode ser perdida.

Principais estatísticas (por fruta):
Vitamina C 16%
Ferro 3%
Potássio 400mg

62- Chás de Ervas

Para ajudá-lo a obter ou manter alcalina que você vai querer evitar o chá regular, e ficar com as variedades de ervas. Chá preto comum tem um efeito ácido no corpo, assim como o café, então você vai querer ter certeza de que você está bebendo coisas como chá de gengibre ou chá de camomila. Um chá de estranhar que não faz a lista alcalina é o chá verde, como a cafeína significa que vai ser ácida para o corpo. A parte surpreendente é que o chá verde tem muitos antioxidantes, é muitas vezes levantada como uma bebida e câncer de agente de combate benéfico.

Principais estatísticas:
Varia de acordo com tipo e marca.

63- Leite de Cabra

Você deve ter notado que esta lista de alimentos alcalinos não contém nenhum produto lácteo, exceto este. O leite de cabra é diferente do leite de vaca, e é melhor tolerado pela maioria das pessoas. Ele também reage de forma diferente no corpo, já que o leite de vaca é um acidificante para o coepo e o leite de cabra é ligeiramente alcalino. Então, mesmo que ele não faça uma enorme diferença no quanto o corpo estará alcalino, na hora de tomar o leite, pense em não deixar o seu corpo mais ácido.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Cálcio 33%
Vitamina A 10%
Vitamina C 5%

64- Linhaça e Óleo de Linhaça

Há uma enorme lista de benefícios trazidos pela linhaça, tanto na forma de sementes, como em óleo e uma delas é a sua capacidade de estabilizar o estado alcalino no corpo. As sementes são boas para polvilhar em cima de praticamente qualquer prato e, de fato, não possuem tanto gosto, então você pode adicioná-las em qualquer prato sem medo de mudar o sabor final. Elas também são uma boa opção para se bater com sucos. Você pode usar o óleo para cozinhar, ajudando os alimentos nutritivos a serem mais nutritivos.

Principais estatísticas (a cada 100g):
Ferro 46%
Cálcio 37%
Vitamina C 2%

65- Pães Sem Glúten

Com a tendência crescente de alimentos sem glúten, está se tornando cada vez mais fácil encontrar pães sem glúten nas lojas, e esta é uma ótima maneira de obter o sabor e a textura do pão sem ter contribuir com a acidez do seu corpo. Apesar de não serem um alcalino em potencial, como os pepinos e espinafres, eles são um pouco alcalinos para aquelas que querem a balança ao seu favor. Você pode perceber que todos os alimentos nesta lista também não contém glúten.

Principais estatísticas:
Varia de acordo com marca.