A importância de frutas, verduras e legumes na alimentação dos brasileiros

Por mais que existam campanhas enaltecendo a importância de se comer bem, incluindo frutas, legumes e verduras diariamente em sua alimentação, o brasileiro ainda come mal. A Organização Mundial de Saúde (OMS) recomenda que sejam consumidos 400 gramas diários de hortaliças, legumes e frutas.

Porém, segundo pesquisa do Ministério da Saúde, apenas 24,1% dos brasileiros ingere essa quantidade recomendada pela OMS. O impacto dessa situação pode ser muito negativo.

Mas o que, de fato, faz com que esse consumo seja tão baixo? A maioria dessas questões estão ligadas a fatores como: falta de hábito, falta de incentivo, desconhecimento de alguns tipos de verduras, frutas e legumes, entre outros. Além disso, há quem considere o valor desses produtos um pouco caro. É o que a Agronomia está tentando combater, além de que já existem políticas buscando baratear o custo desses alimentos para que eles cheguem à população.

Em maio deste ano, a Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Câmara dos Deputados aprovou proposta que cria a Política Nacional de Incentivo à Produção de Frutas.

O texto também pretende aumentar o consumo doméstico e as exportações, trazendo aquecimento no mercado, para que o produto final chegue à mesa do consumidor brasileiro com mais facilidade.

O Brasil é o terceiro maior produtor mundial de frutas, perdendo somente para a China e Índia, e justamente por isso podemos nos alegrar, por sermos referência no setor. Porém, ainda há dificuldade no incentivo ao consumo local, que precisa aumentar diante da demanda de outros produtos como carnes e grãos, e principalmente: é preciso reduzir o consumo de coisas industrializadas, que tanto fazem mal para nossa saúde, principalmente a longo prazo.

A importância de frutas, verduras e legumes na alimentação

Vitaminas de A a Z

As frutas, legumes e verduras têm infinitos benefícios para a nossa saúde, e aumentar seu consumo só traz benefícios. Eles são alimentos que podemos comer em grande quantidade, várias vezes ao dia e por anos, sem nos preocuparmos com nada.

Todas as verduras e legumes apresentam poucas calorias, ou seja, são hipocalóricas. No caso das frutas, há algumas que são ricas em calorias, como é o caso do abacate, pois apresenta bastante gordura de ótima qualidade.

Além disso, as fibras e nutrientes que estão nesses alimentos são extremamente necessários para nossa boa digestão, além de conterem muitas e muitas vitaminas, quase o “alfabeto” inteiro: vitamina A, importante para a visão, pele, crescimento dos ossos e dentes e para a proteção do organismo, vitamina B2, importante para produção de energia, vitamina C, importante para a cicatrização, crescimento adequado dos ossos, fortalece a resistência contra infecções, ajuda o nosso organismo a absorver outros nutrientes, entre tantas outras. Esses produtos também possuem substâncias como o potássio, que ajuda no funcionamento normal do sistema nervoso e dos músculos e equilíbrio do organismo.

Uma vida sem verduras, frutas e legumes não favorece uma pessoa em franco crescimento. É preciso apostar nelas para uma saúde melhor.